02 Out
O sabor da escarola e seus benefícios nutricionais
Por: Humberto Vieira

Você conhece aquela verdura que tem o gosto amargo, mas que fica saborosa refogada ou em recheio de torta? Você pode até pensar em chicória ou almeirão, mas a delícia desta estação é a escarola. Na verdade, a chicória, o almeirão e a escarola fazem parte da mesma família, por isso o gosto amargo é semelhante nas três verduras.

Desse jeito, fica realmente fácil confundir, com a diferença de que a escarola tem um amargor mais suave do que o das demais. Um detalhe: para quem não é muito fã do amarguinho, uma pitada de tempero ameniza esse gosto da verdura.

Beatriz Botéquio de Moraes, gerente de nutrição da Equilibrium Consultoria, diz que a confusão ocorre, possivelmente, pelo nome científico da planta, que abrange o gênero e a espécie. “Elas são da mesma família (começam com o mesmo nome), mas o gênero e a espécie são diferentes”, afirma.

ESCAROLA – O nome científico da escarola é Cichorium endivia, e ela tem folhas verde-escuras amplas, lisas e dentados apenas nas bordas.

CHICÓRIA – A chicória tem o nome científico Cichorium intybus , a forma alongada e profundamente recortada.

ALMEIRÃO – O almeirão é muito parecido com a escarola e tem o mesmo nome científico da chicória, diferenciando-se apenas pelas folhas mais alongadas, estreitas e re- cobertas de pelos.

ENDÍVIA – Quem também faz parte dessa família é a endívia. Ela tem o formato alongado, cor verde bem clara, é lisa e pode apresentar algumas nervuras. Seu nome científico é Cichorium endivia .

O sabor amargo é provocado pela presença de uma substância chamada inulina, um tipo de fibra alimentar com efeito prebiótico. “Ela é resistente à ação das enzimas gástricas, ou seja, não é digerida no estômago, chegando intacta ao intestino. Desse modo, a inulina influencia diretamente a função intestinal, servindo de alimento para as bactérias intestinais”, diz a nutricionista.

Além da inulina, a escarola é rica em cálcio, magnésio, manganês, fósforo, potássio e vitamina C. “As verduras são ricas também em fibras, que ajudam o funcionamento intestinal e o controle do colesterol e do diabetes. Vegetais folhosos fibrosos exigem mais mastigação, o que favorece a saciedade”, afirma Beatriz.

Além de fazer bem à saúde, essas verduras rendem receitas deliciosas. A escarola pode ser consumida crua, como salada, cortada em tirinhas bem fi nas, ou cozida e refogada, servindo de recheio para quiches e tortas.

Fonte: Blog Sabores Ajinomoto


Humberto Vieira
Humberto Vieira

Texto por Restaurante Diparma Originale


separador
Leia também:
> VER LISTA DE POSTS


Av. Senador Filinto Muller, 788 - Duque de Caxias - 78.043-400 - Cuiabá - Mato Grosso
Copyright © 2011 - Todos os direitos reservados a Diparma